Conecte-se conosco
Publicidade Publicidade

PCdoB de Mato Grosso define critérios para escolha de candidato à Prefeitura de Cuiabá

Publicado às

em

PCdoB de Mato Grosso define critérios para escolha de candidato à Prefeitura de Cuiabá
Imagem: Divulgação / Reprodução

 

O presidente do PCdoB em Mato Grosso, Lane Costa, apresentou uma lista de critérios fundamentais para a escolha do candidato da esquerda à sucessão da Prefeitura de Cuiabá. Em uma reunião realizada na última segunda-feira (13), Costa propôs diretrizes que visam garantir a unidade do grupo e fortalecer a posição da esquerda na disputa eleitoral.


Um dos critérios centrais estabelecidos é a análise de pesquisas quantitativas. No entanto, Costa ressaltou a importância de discutir como essas pesquisas serão utilizadas para embasar a decisão final. Além disso, outros critérios incluem a avaliação da capacidade de apoio de outros partidos e a análise das chapas de vereadores dos partidos envolvidos na federação.

O impasse atual gira em torno de dois pré-candidatos: o deputado estadual Lúdio Cabral (PT) e o vice-prefeito José Roberto Stopa (PV). Em entrevista à rádio Cultura, Lúdio enfatizou a busca por consenso na escolha do candidato, visando sair do processo unidos e fortalecidos.


No que diz respeito às pesquisas de intenção de voto, Lúdio Cabral apresenta uma vantagem, mantendo-se consistentemente em terceiro lugar nos levantamentos desde o ano passado. Na última pesquisa realizada pela Percent Brasil, Lúdio registrou 11,7% das intenções de voto, enquanto Stopa caiu para a quinta posição, com apenas 4,1%.



A próxima etapa envolverá debates internos entre o PV e o PT para discutir a proposta do PCdoB. Uma nova reunião está agendada para a semana seguinte, onde serão aprovados os critérios e iniciados os debates sobre qual nome representará o grupo na disputa pela Prefeitura de Cuiabá.

 

A pesquisa, realizada entre os dias 24 e 26 de abril de 2024, ouviu 1.200 pessoas no perímetro urbano e rural de Cuiabá. Com um intervalo de confiança de 95%, a sondagem possui margem de erro de 2,83% pontos percentuais para mais ou para menos. O registro da pesquisa foi feito no Tribunal Superior Eleitoral sob o número MT-02633/2024.


Publicidade

Publicidade Publicidade

Leia Também