Conecte-se conosco
Publicidade Publicidade

Barbudo assume vaga de Amália e herda quase 3 anos de mandato na Câmara

CâmaraAmália morreu aos 39 anos, no Hospital Vila Nova Star, em SP, onde estava internada desde 1º de maio

Publicado às

em

em

Barbudo assume vaga de Amália e herda quase 3 anos de mandato na Câmara
Imagem: Divulgação / Reprodução

O primeiro suplente  Nelson Barbudo (PL)  vai assumir nos próximos dias a vaga de deputado federal  em substituição a  Amália Barros. A morte da parlamentar, que fazia parte da bancada do PL na Câmara Federal,  foi confirmada na madrugada deste domingo

 

 

Nelson Barbudo  já foi deputado federal  Em 2018, se elegeu  como o mais votado em Mato Grosso aproveitando a popularidade do ex-presidente da República Jair Bolsonaro (PL). No  entanto, conseguiu apenas a primeira suplência em 2022.

 

 

Em 2018, Barbudo fez  126.249 votos. Na eleição seguinte, obteve somente  53.285 votos. A redução foi de quase 58%. Agora, herda quase 3 anos de mandato na Câmara Federal

 

 

Morte prematura

Amália  Barros  morreu  aos 39 anos, no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo. Ela estava  internada desde   1º de maio, para retirada de um nódulo no pâncreas. Neste período, passou por sete cirurgias.

No sábado (11), a assessoria     informou que a Amália Barros passaria por uma nova cirurgia para tratar de complicações no fígado. A parlamentar não resistiu e acabou morrendo no início da madrugada deste domingo.

 Formada em jornalismo,   Amália Barros perdeu a visão do olho esquerdo por conta de uma infecção, a toxoplasmose, aos 20 anos. Após passar por 15 cirurgias,   removeu  o olho  em 2016 e passar a usar uma prótese ocular.

Fazendo a defesa dos monoculares, Amália Barros se aproximou da primeira-dama Michelle Bolsonaro e foi eleita deputada federal por Mato Grosso com mais de 70 mil votos.  Na Câmara dos Deputados, integrou  as comissões de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência, dos Direitos da Mulher e da Educação, entre outras.

Amália Barros era casada com o pecuarista Thiago Boava, de Campo Novo do Parecis. Informações sobre velório e sepultamento ainda não foram divulgadas


Publicidade

Publicidade Publicidade

Leia Também