Conecte-se conosco
Publicidade Publicidade

Sessão da Câmara Municipal de Murici é Interrompida por Mulher Grávida Exigindo Reconhecimento de Paternidade

Publicado às

em

em

Sessão da Câmara Municipal de Murici é Interrompida por Mulher Grávida Exigindo Reconhecimento de Paternidade
Imagem: Divulgação / Reprodução

 

Na última quinta-feira (6), uma sessão ordinária da Câmara Municipal de Murici foi marcada por um incidente inusitado e embaraçoso. Durante o discurso do vereador Abimael Pessoa (PSB), uma mulher grávida entrou no plenário Olavo Calheiros, exigindo que ele reconhecesse a paternidade de seu filho.


A mulher, visivelmente emocionada, posicionou-se em frente à Mesa Diretora e, em poucas palavras, revelou que o filho que espera seria fruto de um relacionamento com o vereador Abimael. Ela solicitou publicamente que ele reconhecesse a paternidade, alegando ter sido abandonada pelo parlamentar.


Abimael Pessoa reagiu imediatamente à interrupção, pedindo à Mesa Diretora que interviesse e argumentando que a mulher não tinha permissão para falar no plenário, um direito reservado aos parlamentares durante as sessões ordinárias. Ele também solicitou a presença da força policial para retirar a mulher do local.


A sessão foi temporariamente suspensa pela presidência da Câmara até que a situação fosse resolvida. Segundo a mulher, ela havia avisado Abimael de sua intenção de comparecer à Câmara, mas ele a ignorou. O tumulto chamou a atenção dos presentes e gerou comentários entre os espectadores e outros vereadores.


Publicidade

Publicidade Publicidade

Leia Também