Conecte-se conosco
Publicidade Publicidade

Operação cumpre 14 mandados contra grupo que matou caminheiro e roubou carga no sul do estado

O crime ocorreu no dia 05 de julho deste ano, quando sa vítima transportava uma carga de algodão

Publicado às

em

 Operação cumpre 14 mandados contra grupo que matou caminheiro e roubou carga no sul do estado
Imagem: Sesp

A Operação Pedra Preta Safety, deflagrada pela Polícia Civil de Mato Grosso na manhã desta terça-feira (31.10), cumpre 14 mandados judiciais, entre prisões e buscas e apreensões, contra alvos investigados pelos crimes de roubo seguido de morte e associação criminosa. 



Estão sendo cumpridas cinco prisões preventivas e nove buscas contras os alvos nas cidades de Várzea Grande e Reserva do Cabaçal, ambas em Mato Grosso. Os mandados foram deferidos pela Vara Única da Comarca de Pedra Preta com base em investigação da Polícia Civil. 



Os mandados são cumpridos pelas equipes da Delegacia de Pedra com apoio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e Delegacia Especial de Fronteira (Defron). 



A investigação apurou que no dia 05 de julho deste ano, um caminhoneiro foi abordado por um grupo criminoso na região da Serra da Petrovina, área rural do município de Pedra Preta. O corpo de Geraldo Farias de Medeiros, de 75 anos, foi encontrado no dia seguinte, próximo a uma fazenda no distrito de Santa Elvira, na zona rural de Juscimeira, com sinais de espancamento na cabeça. 



Já o veículo conduzido pela vítima, carregado com algodão, foi levado até o município de Poconé pelos criminosos. A carreta e o trator foram localizados em áreas distintas, na mesma região de Poconé, no dia seguinte ao crime.  



A Polícia Civil apurou que um veículo modelo Hyundai HB20 branco foi alugado pelo bando criminoso em Cuiabá e chegou a Pedra Preta no dia cinco de julho. A investigação reuniu informações que o veículo foi visto na mesma área onde a carreta da vítima foi abordada e depois no município de Juscimeira, no mesmo ponto onde o corpo do caminhoneiro foi localizado, como também no município de Poconé, onde a carreta foi localizada. 



No decorrer da investigação, as equipes da Delegacia de Pedre Preta e GCCO chegaram à identificação dos cinco envolvidos no latrocínio.


Publicidade

Publicidade Publicidade

Leia Também